Vendas da rede de distribuição de aço têm alta de 4,2%

As vendas da rede de distribuição de aço em outubro atingiram 267 mil toneladas, alta de 4,2% ante o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Na comparação com o mês imediatamente anterior, o crescimento foi de 0,6%.

No acumulado de janeiro a outubro, as vendas somaram 2,485 milhões de toneladas, queda de 3,3% na relação anual. Já as compras dos distribuidores nas usinas somaram 257,5 mil toneladas, recuo de 5,6% ante o visto no mesmo mês do ano passado. Ante o observado em setembro, a queda no volume comprado foi de 2,2%.

Com isso, o giro de estoque da rede caiu para 3,3 meses. O volume fechou outubro em 885,9 mil toneladas, queda de 2,8% na relação anual e de 1,1% na mensal. As importações de aços planos caíram 13,5% em outubro ante o mesmo mês do ano passado, para 117,913 mil toneladas. No acumulado do ano até outubro, porém, houve um aumento de 107,7%, para 1,07 milhão de toneladas.

A China segue como a principal origem do aço plano que chega no Brasil, seguida, conforme dados de outubro, por Áustria e Indonésia. Para novembro, o Inda estima que tanto o volume de compras quanto o de vendas recue 5% ante o mês imediatamente anterior. 

Fonte: Jornal do Comércio
Seção: Metalurgia & Distribuição
Publicação: 23/11/2017