Usiminas abafa alto forno de usina de Ipatinga por greve de caminhoneiros

A Usiminas suspendeu a produção de aço do alto forno número 1 de sua usina em Ipatinga (MG), que havia sido religado pela empresa em abril, e dispensou pessoal administrativo nesta sexta-feira em meio aos efeitos da greve dos caminhoneiros, informou sindicato local.

“O forno foi abafado ontem (quinta-feira)…Chega muita coisa por caminhão e sai muito material (aço) por caminhão. Mesmo o que chega na ferrovia, tirando o minério (de ferro), é praticamente tudo levado para a usina via caminhão”, disse Geraldo Magela Duarte, um dos diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga e Região, à Reuters.

Procurada, a Usiminas não pode comentar o assunto de imediato.

O alto forno 1 foi religado com pompa pela companhia em abril, depois de ter ficado desligado desde 2015 por causa da queda na demanda por aços planos no mercado brasileiro. O equipamento tem capacidade para produção de 650 mil toneladas anuais de ferro gusa e faz parte de um complexo siderúrgico que tem outros dois alto fornos.

Fonte: Exame 
Seção: Siderurgia 
Publicação: 28/05/2018